Acesso Rápido

Menu de Credenciados

Menu de Usuários

Redes Sociais


Assessoria de Comunicação Lista de Noticias Ações contra o mosquito devem ser permanentes para evitar doenças
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Ações contra o mosquito devem ser permanentes para evitar doenças PDF Imprimir

banner todos contra mosquito



A Secretaria da Saúde do Ceará tem mantido ações permanentes para capacitar pessoal e estimular o combate ao vetor das arboviroses (doenças causadas pelos arbovírus, que incluem o vírus da dengue, chikungunya, zika) em todo o Estado. Na próxima sexta-feira, dia 10 de março, a Sesa realizará a Oficina dos Planos Regionais de Vigilância e Controle das Arboviroses. Coordenadores e técnicos de vigilância e controles dessas doenças vão participar, por videoconferência, do evento que vai discutir medidas adotadas pelas Regionais de Saúde.


A oficina ocorrerá em dois turnos, às 8 horas para as macrorregiões de saúde de Fortaleza e Juazeiro do Norte, e às 13 horas para as macro Sobral, Quixadá e Litoral Leste. A capacitação tem o objetivo de discutir as ações de vigilância e controle das arboviroses, analisar os dados epidemiológicos, validar o Plano Estadual de Vigilância e Controle das Arboviroses 2017 e identificar os elementos importantes para a reorganização dos processos de trabalho e elaboração dos planos operacionais de rotina e contingência das arboviroses nas Coordenadorias Regionais de Saúde.


Controle e prevenção


O Ceará registrou queda de 68,6% nos casos de dengue até o dia 24 de fevereiro em relação ao mesmo período de 2016. O número de casos da doença caiu de 2.591 para 803. Os casos com sinais de alarme também caiu, de 45 para quatro (91%). No estado, não foi registrado nenhum óbito por causa da dengue até o dia 24 de fevereiro, enquanto no ano passado, em igual intervalo de tempo, houve 13 mortes registradas.


Entretanto, o combate ao mosquito Aedes aegypti, que também transmite doenças como zika e chikungunya, requer atenção constante. Cuidados para evitar a proliferação do mosquito são ainda mais necessários na estação chuvosa no Ceará. Manter a caixa d'água limpa, vedada e bem tampada, não acumular entulhos na rua, limpar as calhas, colocar lixo em sacos e tampar e vedar todo e qualquer recipiente que pode acumular água, como potes, pneus e barris, são algumas das principais medidas para evitar focos do Aedes aegypti.


Comitê Estadual


Para intensificar as atividades de controle do Aedes aegypti, a Escola de Saúde Pública de Iguatu implantou o Comitê Gestor Municipal de Políticas de Enfrentamento à Dengue, Zika e Chikungunya. A solenidade ocorreu no dia 23 de fevereiro. O Prefeito em exercício, Marcos Sobreira, assinou a portaria que institui oficialmente o Comitê. A Escola de Saúde Pública de Iguatu é pioneira na instituição das brigadas. Uma vez por semana, essas brigadas são responsáveis por fazer o faxinaço na instituição.


Em Aracati, representantes do Comitê Gestor Estadual de Políticas de Enfrentamento à Dengue, Chikungunya e Zika, da Secretaria de Saúde do Estado do Ceará, do 23º Batalhão de Caçadores e da Prefeitura Municipal de Aracati, participaram, no dia 21 de fevereiro, da Solenidade cívico-militar de mobilização social para enfrentamento do Aedes aegypti. “Foi um evento que nós caminhamos pelas ruas do comércio de Aracati, sensibilizando as pessoas e fazendo visitas domiciliares, isso faz com que as pessoas entendam que uma instituição forte e benquista por todos, como o exército brasileiro, está engajado, porque de fato é uma guerra contra o mosquito, uma guerra pela vida”, enfatiza Moacir Tavares, Secretário de Saúde de Aracati.


Brigadas


O Ceará foi pioneiro na criação de brigadas estaduais contra o mosquito em prédios públicos, com vistoria semanal. Só o envolvimento da população traz um resultado efetivo do controle do mosquito Aedes aegypti. “Se tiver empenho, se todo mundo fizer um pouquinho, é possível obter grandes resultados. Resultados contundentes. Implantar uma brigada, muitos fizeram, mas monitorar essas brigadas, acompanhar, apoiar e fortalecer, não foi todo mundo que fez”, declara Ricristhi Gonçalves, técnica do Núcleo de Controle de Vetores (Nuvet) da Secretaria da Saúde.


Entre as diferentes ações de mobilização permanente no combate ao mosquito Aedes aegypti, há o Selo Saúde Prédio Saneado, um reconhecimento do Governo do Ceará às instituições públicas que estruturaram brigadas de combate ao Aedes aegypti e estabeleceram a rotina de inspeção semanal dos prédios que abrigam esses órgãos para mantê-los livres do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika.


No último dia 15, gestores de instituições públicas de Russas, receberam o Selo Saúde Prédio Saneado em solenidade realizada pela 9ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRES). O selo foi entregue pelo Comitê Gestor Estadual de Políticas de Enfrentamento à Dengue, Chikungunya e Zika aos 21 órgãos públicos preencheram os requisitos necessários para recebê-lo. A CRES de Russas faz o acompanhamento e monitoramento de 29 instituições.


Para o coordenador do Comitê Gestor Estadual de Políticas de Enfrentamento à Dengue, Chikungunya e Zika, Caio Cavalcanti, a entrega do Selo Saúde Prédio Saneado é o resultado do que trabalho realizado pelos gestores ao longo dos meses. “É uma referência e exemplo para as demais brigadas. Fizeram o trabalho de vistoria semanal, mas também monitoraram as instituições com metodologia inovadora, utilizando as ovitrampas (espécie de armadilha para os ovos do mosquito), e de fato fizeram a atuação de uma brigada modelo”, ressaltou.

banner selo saude nuvet mar2017 002



Selo Saúde Prédio Saneado


Receberam o Selo Saúde Prédio Saneado: Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação (Crede) 10, Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios), Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 9ª Coordenadoria Regional de Saúde (Cres), Ematerce, Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Secretaria da Fazenda (Sefaz),  Secretaria de Saúde do Município, Hospital e Casa de Saúde de Russas, Tiro de Guerra 10-010, Policlínica de Russas, Banco do Brasil, Companhia Hidroelétrica do São Francisco (CHESF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Núcleo de Endemias (Russas), Universidade Federal do Ceará (UFC), Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) de Russas, Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) Centro e Regional, Lar Santa Clara.


02.03.2017


Fotos: Comitê Gestor Estadual de Políticas de Enfrentamento à Dengue, Chikungunya e Zika


Radene Fortaleza
Jornalista do Comitê Gestor Estadual de Políticas de Enfrentamento à Dengue, Chikungunya e Zika


Assessoria de Comunicação da Sesa
Cristiane Bonfim/ Marcus Sá / Helga Rackel (85) 3101.5221 / 3101.5220
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara

 

Serviços

Agenda - Setembro 2017

Do Se Te Qu Qu Se Sa
27 28 29 30 31 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30

Instituto de Saúde dos Servidores do Estado do Ceará - R. Senador Pompeu, 685 - Centro, Fortaleza/Ce

CEP: 60.025-000 - Fone: (85) 3101.4803 - Localização no Mapa

© 2008 - Governo do Estado do Ceará. Todos os Direitos Reservados